Benefícios da cinta pós-parto

Benefícios da cinta pós-parto

POR QUE USAR CINTA PÓR PARTO?

O uso da cinta após o parto é uma das recomendações dos ginecologistas e traz muitos benefícios, principalmente para as mulheres que fizeram cesárea. Ela ajuda a colocar os órgãos em seus devidos lugares, além de auxiliar no inchaço e melhorar a silhueta.

A cinta pós-parto também ajuda a mulher a realizar os movimentos do dia a dia, como dirigir, se abaixar ou tossir, com uma maior segurança.

Se você está prestes a ter um bebê e quer saber todos os benefícios que a cinta pós-parto oferece, confira o artigo de hoje que preparamos. Boa leitura!


CONVERSE COM O MÉDICO SOBRE O USO DA CINTA PÓS-PARTO

Antes de iniciar o uso da cinta, é importante ter uma conversa com o seu médico para saber se é permitido ou não o uso de qualquer faixa ou cinta após o parto. Também é preciso buscar informações sobre como ela deve ser utilizada e qual é a mais indicada para você.

Em alguns casos, ocorre de a mulher ter um acúmulo de líquidos no local da cesárea, conhecido como seroma, caso não utilize a cinta pós-parto. Outro ponto que vale ressaltar, é que as cintas não devem ser utilizadas por um período prolongado e em todas as atividades realizadas pela mulher, porque podem causar complicações no fluxo sanguíneo e na movimentação muscular.

Por conta disso, os médicos aconselham seu uso por um período máximo de três meses, sendo desaconselhadas durante a prática de exercícios físicos.


QUAL TAMANHO DE CINTA PÓS-PARTO É IDEAL PARA MIM?

O tamanho da cinta pós-parto vai depender da estrutura física da mulher. Não é aconselhado uma cinta que aperte demais a barriga, dificultando a circulação sanguínea e a respiração.

Caso a mulher ainda esteja nos primeiros meses da gravidez, recomenda-se que ela experimente a cinta. Se não sentir nenhum mal estar e ficar confortável no corpo, é o modelo ideal para você.

Se optar por comprar na internet, como é o caso da nossa loja, e não seja possível realizar a medição antes, escolha um tamanho de acordo com a sua cintura. Confira os nossos tamanhos:

– Tamanho P: para cinturas entre 71 a 74 cm

– Tamanho M: para cinturas entre 75 a 78 cm

– Tamanho G: Para cinturas entre 79 a 82 cm

– Tamanho GG: Para cinturas entre 83 a 86 cm

– Tamanho EG: Para cinturas entre 87 a 90 cm

– Tamanho G1: Para cinturas entre 91 a 94 cm

– Tamanho G2: Para cinturas entre 95 a 98 cm

– Tamanho G3: Para cinturas entre 99 a 102 cm

– Tamanho G4: Para cinturas entre 103 a 106 cm

Antes de efetuar a compra, confira as suas medidas e preste atenção na numeração, pois utilizar cintas pós-parto muito apertadas, prejudica a saúde. Ao invés de trazer os benefícios esperados, ela pode acabar causando flacidez e fraqueza abdominal diante do fato de impedir a contração natural dos músculos.


CONFIRA NOSSOS MODELOS DE CINTAS MAIS VENDIDAS

Cinta Pós Parto

https://bit.ly/3mAu6KH
https://bit.ly/3iIfbgq
https://bit.ly/3iKjw2B

Body Pós Parto

https://bit.ly/3mA16D4
https://bit.ly/3AqXlET
https://bit.ly/3iG9fo3

Cintas Modeladoras

https://bit.ly/3AkrRQx
https://bit.ly/3iJWF7m


OS BENEFÍCIOS DE UTILIZAR A CINTA PÓS-PARTO

O uso da cinta após o parto é essencial, porém a sua utilização nos três primeiros meses de gestação pode trazer muitas vantagens para a mulher também, converse com o seu obstetra e tire todas as suas dúvidas.

Continue a leitura e confira os benefícios da cinta pós-parto.


RETORNO DO ÚTERO

A utilização da cinta pós-parto auxilia no processo de retorno do útero para o seu local, uma vez que, após o parto, o órgão não voltou par a sua posição original fisiológica, pois ainda está muito grande.


EVITA DORES NA COLUNA

Após o parto, os músculos do abdômen estão fracos e isso pode resultar em dores nas costas. Assim, para evitar essas dores, é importante utilizar a cinta pós-parto. Ela melhora a postura sustentado a musculatura da barriga e das costas, evitando que a mulher sinta tantas dores.


EVITA O SEROMA

O seroma é uma complicação que pode ocorrer após qualquer cirurgia, sendo caracterizado pelo acúmulo de líquido abaixo da pele, próximo a cicatriz cirúrgica. Isso pode ocorrer principalmente após uma cesariana e também com mulheres que tiveram parto normal, por isso os médicos recomendam o uso da cinta pós-parto para ambos os casos.


UMA SILHUETA MAIS BONITA

Os benefícios não são apenas para a saúde, mas também estéticos, ajudando a elevar a autoestima da mulher durante esse período tão delicado. A cinta pós-parto deixa o corpo da mulher com uma silhueta mais bonita, já que ela ajuda a modelar o corpo devido a sua forma e material.


MODELOS DE CINTA PÓS-PARTO

Hoje, existem diversos modelos, cores e materiais de cintas para serem utilizadas após o parto. Confira alguns modelos mais utilizados e recomendados pelos médicos e que a Mãe Gestante oferece para você.

•Cinta sem pernas de cintura alta;

•Cinta com busto para amamentação (body com abertura na parte dos seios para ajudar na hora de amamentar);

•Cinta com pernas e colchetes;

•Cinta corset;

•Cinta sling U;

•Cinta com Velcro.

Caso o médico recomende alguma cinta pós-parto sem ser essas que falamos anteriormente, temos outros diversos modelos. Acesse o site e confira!

Continue a leitura para obter mais informações sobre a cinta pós-parto.

• Body:
O body tem o mesmo modelo de um maiô, porém é confeccionado em um tecido mais grosso e que realiza o processo de compressão na pele. Alguns modelos contam com bojo na parte dos seios, para ajudar na sustentação e dar destaque ao decote. Nas costas o modelo é estilo nadador, para não aparecer em vestidos e blusas com mais decote.

• Cinta abdominal:
Se você deseja amenizar o volume localizado na região da barriga, esse modelo é ideal. Essa cinta pode ser utilizada tanto com calça, como com vestido.

• Bermuda:
Com o mesmo foco da cinta abdominal, essa cinta é utilizada para aquelas mulheres que desejam disfarçar a gordura localizada na região da barriga. A vantagem dessa é que a compressão da gordura se estende para as pernas, amenizando a celulite. Ela é muito boa também para mulheres que tem coxas muito grossas e sofrem com assaduras devido ao atrito das pernas.

• Camiseta:
Esse modelo é utilizado para comprimir a gordura abdominal até os seios, sem atrapalhar a ida ao banheiro com a sua retirada.

O importante é adquirir um modelo de cinta do seu tamanho, que fique confortável para realizar as tarefas do dia a dia e não atrapalhe nem na respiração e nem na circulação sanguínea.

INVISTA EM SUA CINTA PÓS-PARTO

Como vimos no artigo de hoje, utilizar a cinta pós-parto é fundamental e auxilia a mulher em diversos aspectos, não apenas no físico, como muitas pessoas acreditam.

É importante comprar cintas fabricadas com tecido adequado e em um local que ofereça garantia de qualidade em seus produtos, como as cintas pós-parto da Mãe Gestante. Quem compra com a gente não se arrepende.

Se você quer garantir uma cinta pós-parto de qualidade, acesse o nosso site e confira todo o material que oferecemos para o pós-parto, e para outras finalidades cirúrgicas ou de bem estar da mulher.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Meu carrinho

Carrinho